Vamos voltar a pilantragem...


Ainda sou dependente do cartão de crédito da minha mulher.

Um comentário:

Rafael Sá - Design Gráfico disse...

Cara, essa daí foi show, realidade.